quinta-feira, 26 de março de 2015






Reflexão do dia

"Longe, muito longe, morava um homem que, todos os dias, ia para a praça de sua cidade e tentava convencer as pessoas a mudarem a sua visão sobre o que considerava errado.
Enfim, gastava dias e dias lutando para que entendessem o seu discurso, a sua luta.
Passaram-se muitos anos.
Um dia, o seu amigo que vivera um longo tempo longe dali incomodado por ver o homem ainda na praça lutando, apesar de tanto tempo, foi procurá-lo.
- Você está nessa luta e não vejo grandes vitórias, as pessoas são difíceis de mudar.

Por que você não desiste?
O amigo, ainda com o mesmo entusiasmo, respondeu:
- Não posso desistir, porque senão eles terão me mudado!" 

quinta-feira, 19 de março de 2015

"Pensei... Pensei, e pensei... Acabei decidindo que daqui eu não saio, daqui ninguém me tira. 
Deus me deu o livre arbítrio e vários anos já vividos... Então juntei tudo e decidi que nunca vou deixar de ter 16 anos, às vezes 13, quem sabe num dia 18? Ou 5? 
De repente 28, e até posso me apoderar dos novos e bem vividos, 29 quando quiser!!! Mas, não vou abandonar a faísca de inocência que me manterá jovem até que eu prove da eternidade quando me calar dessa vida. 
Até lá, eu escolho a idade que combinar com o dia... 
E que sejam todos assim, inéditos, entusiasmados e abertos como papel de presente. Porque no final das contas meu presente é essa vida mesmo!!"

Lorraine Melo

quinta-feira, 12 de março de 2015

Acreditar e agir
“Um viajante caminhava pelas margens de um grande lago de águas cristalinas, imaginando uma forma de chegar até o outro lado, aonde era seu destino.
Suspirou, profundamente, enquanto tentava fixar o olhar no horizonte.
A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo. Era um barqueiro.
O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. O viajante olhou detidamente, percebeu haver letras em cada remo. Ao colocar os pés empoeirados dentro do barco, observou que eram mesmo duas palavras.
Num dos remos estava entalhada a palavra ACREDITAR e no outro, AGIR. Não contendo a curiosidade, perguntou ao barqueiro o motivo daqueles nomes nos remos.
O barqueiro pegou o remo, no qual estava escrito ACREDITAR, e remou com toda força.
O barco começou a dar voltas, sem sair do lugar.
Em seguida, pegou o remo em que estava escrito AGIR, e remou com todo vigor.
Novamente, o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante.
Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, movimentou-os ao mesmo tempo, e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago, chegando calmamente à outra margem.
O barqueiro disse ao viajante:
- Este barco pode ser chamado de AUTOCONFIANÇA. E a margem é a META que desejamos atingir.
Para que o barco da AUTOCONFIANÇA navegue seguro e alcance a META pretendida, é preciso que utilizemos os dois remos ao mesmo tempo, e com a mesma intensidade:
ACREDITAR e AGIR.
Não basta apenas ACREDITAR, senão o barco ficará rodando em círculos, é preciso também AGIR para movimentá-lo na direção que nos levará a alcançar a nossa META.”
Impulsione os remos com força e com vontade, superando as ondas e os vendavais, e não se esqueça que, por muitas vezes, será preciso remar contra a maré.
Acredite, confie e aja sempre de maneira harmônica para conseguir suas metas.

terça-feira, 10 de março de 2015

"Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade."
Martha Medeiros


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

 Como já dizia Machado de Assis: 

“Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito.”

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015



"Tome a tua vida em tuas mãos,
e não entregue a direção dela a ninguém.
Por mais que te amem, por mais que desejem, o teu bem,
só você é capaz de sentir o que realmente sente,
e aquilo que você passa de impressão para os outros,
nem sempre corresponde ao que vai na sua alma."

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

"O Mar... de longe é azul...
Nada é mesmo, o que parece ser.
O mar, de longe, é azul; de perto, verde; por dentro, transparente.
Aparentemente, tudo é diferente do que realmente é...
Eis então o segredo para não julgar, em vez de olhar o mar de longe, mergulhar!"
"Ninguém pode convencer ninguém a mudar. Os portões da mudança só podem ser abertos de dentro para fora".

terça-feira, 16 de dezembro de 2014


“Nada é o que parece ser. O mar de longe é azul, de perto é verde, por dentro transparente. Aparentemente tudo é diferente do que realmente é. Eis então o segredo para não julgar: em vez de olhar o mar de longe, mergulhe”.

Anônimo
"Quem procura não acha. É preciso estar distraído e não esperando absolutamente nada. Não há nada a ser esperado. Nem desesperado."

(Do livro Morangos Mofados)

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

quinta-feira, 9 de outubro de 2014


"Todas as fases são importantes e em algum momento você compreende melhor o porquê de algumas curvas perigosas pelo caminho... e aceita a importância de cada "radar", de cada "redutor" e até de cada ponto que você perdeu.
O importante é não desanimar e seguir viagem adimirando a paisagem e aceitando que no final tudo são fases e nem sempre são floridas, mas todas passam... até as melhores!"

terça-feira, 30 de setembro de 2014





" Existe no silêncio, uma tão profunda sabedoria que às vezes ele se transforma na mais perfeita resposta"
Fernando Pessoa



"Quando você ficar triste que seja por um dia e não o ano inteiro. E que você descubra que rir é bom mas que rir de tudo é desespero".

Frejat




"O maior problema de um homem é a imagem refletida no seu próprio espelho."


'Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo.'

Autor desconhecido